margem de lucro

4 pontos cruciais para não errar ao calcular o lucro

Se tem uma coisa que é importantíssima para o sucesso da sua empresa é saber calcular a margem de lucro e ter a noção exata de precificar os produtos e serviços.

Afinal, com a acirrada competição mercadológica e margens de lucros cada vez menores é mais que necessário contabilizar cada centavo.

Mas, afinal, o que é essa tal margem de lucro? Bom, margem de lucro, é o valor que a empresa vai lucrar, efetivamente com a sua venda, estando diretamente relacionada com o crescimento sustentável da empresa.

Imagem de Rudy and Peter Skitterians por Pixabay

Por isso, é tão importante determinar essa porcentagem de maneira bastante criteriosa e realista.

Existem diversos fatores que ajudam na hora de conseguir mensurar a margem ideal de lucro.

Você pode reduzir custos não estratégicos, fazer uma minuciosa administração de preços e calcular a margem de lucro, e é aqui que iremos focar esse artigo.

Neste post, iremos lhe mostrar o que é uma margem de lucro saudável e em seguida um passo a passo dos 4 pontos cruciais para não errar na hora de calcular o lucro da sua empresa.

Qual é a margem de lucro saudável?

Para alguns empresários, quanto maior for a margem de lucro, melhor. Já alguns outros preferem ter um lucro menor, porém ganhar na quantidade, mantendo os preços competitivos.

Mas, existe um meio-termo, como tudo nessa vida é claro.

Uma margem de lucro saudável é aquela que assegura a permanência da empresa no mercado a longo prazo, proporcionando um retorno adequado para você e seus sócios.

Ela também pode variar de acordo com o setor de atuação e com o posicionamento da sua organização no mercado em que atua.

Se você analisar empresas que atuam com produtos/serviços considerados commodities, as margens de lucro são baixas, porém os gestores estão conscientes desse modelo de negócio.

Já os produtos e serviços ditos supérfluos, o percentual da taxa de lucro é bem mais elevado, o que geralmente torna o empreendimento muito mais atrativo. Ficando o desafio maior de atrair os clientes.

Agora que você já sabe o que vem a ser uma margem de lucro saudável, que tal avançarmos um pouco mais e você conhecer os 4 passos cruciais para não errar na hora de calcular o lucro da sua empresa?

1. Saiba a atual margem de lucro do seu negócio

Para que sua corporação seja bem-sucedida o primeiro passo a percorrer é criar preços que gerem lucro líquido, para isso você vai precisar fazer o cálculo da margem de lucro atual para que chegue na ideal. 

Mas não se preocupe, calcular a margem do lucro não é nada complicado, basta dividir o lucro líquido pelo preço total da venda.

  • Margem líquida (%) = Lucro líquido / preço total da venda x 100.

Observe esse simples exemplo para ficar mais claro:

Suponha que seu produto esteja a venda por R$ 100,00. Desse valor, R$ 40,00 você pagará ao seu fornecedor e R$ 20,00 os outros custos operacionais.

Assim, seu lucro líquido será de R$ 40,00. Teremos então o seguinte resultado para sua margem líquida:

  • Margem líquida (%) = 40 / 100 x 100

Assim você terá como margem líquida do seu produto 40%.

A pergunta que vem é: esse valor está correspondendo ao que você deseja? Ainda que sua resposta seja sim, lembre-se que é possível melhorar.

2. Reduza custos

Sua empresa tem dois tipos de custos, os estratégicos e os não estratégicos.

  • Custos estratégicos são aqueles que geram novos negócios para a empresa ou potencializam a eficiência, como investimento em sistemas de gestão ou mesmo aporte em campanhas de marketing, publicidade e propaganda.
  • Já os custos não estratégicos se referem àqueles que são imprescindíveis para o funcionamento, tipo taxas e impostos. O ideal é que você concentre seus esforços de redução nos custos não estratégicos, pois sua margem de lucros aumentará e não irá diminuir seus esforços de venda.

Uma coisa importante e que não pode ser ignorada é: você terá tempo disponível para organizar e analisar os custos da sua empresa?

Se não tiver, aconselhamos você a investir em algum sistema de gestão financeira.

Alguns são muito práticos e simples de usar, bastando apenas você adicionar suas receitas e despesas diárias para que ele te dê um diagnóstico detalhado da situação financeira do seu negócio.

3. Defina o preço correto do seu produto

Na hora de definir o preço de seus produtos é importante que você possa visualizar seu produto de forma sistemática, isso lhe dará muito mais eficácia para precificar, portanto, considere os seguintes pontos cruciais:

  1. Qual é o valor real de aquisição ou de produção?
  2. Quanto a sua concorrência está cobrando pelo mesmo produto?
  3. Como os seus clientes percebem o valor do seu produto?

Agindo assim, é certo que as suas chances de ter uma margem de lucro melhor serão muito maiores do que você imagina.

Outro fator muito importante no momento em que se está definindo o preço dos produtos é criar estratégias assertivas que façam as pessoas terem um senso de valor justo dos seus produtos ou utilizar do conceito de preço psicológico praticado, usando números fracionais como 99, 98, 95.

4. Use ferramentas para o cálculo de margem de lucro

Ao longo desse artigo você aprendeu como não cometer erros na hora de calcular os lucros da sua empresa e também como calcular você mesmo os lucros. 

Mas em tempos de mercados tão competitivos, sempre é bom economizar também o tempo e otimizar cada vez mais as formas de agir dentro da sua própria organização.

Por isso, muitos empresários optam por usarem ferramentas que calculam os lucros.

Existem planilhas de cálculo de lucro que você pode fazer download gratuito.

Com a maioria delas, a partir de custos fixos e variáveis, você pode simular cenários com diferentes margens em sua empresa. 

Algumas até incluem alíquotas de impostos nos cálculos para você entender como isso interferirá nos seus ganhos.

Esperamos que você tenha aproveitado nosso conteúdo e comece a pôr em prática para que sua empresa cresça cada vez mais. Siga a gente nas nossas redes sociais e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *