engrenagem representando produtividade de uma empresa

Capacidade produtiva: entenda até onde vai o desempenho do seu negócio

Você certamente já se perguntou se a capacidade produtiva da sua empresa está equilibrada, não é mesmo?

E isso é muito simples de descobrir com essas outras perguntas:

  • Você sente que sua empresa está sempre correndo contra o tempo?
  • Tem muitas horas extras acumuladas no quadro de funcionários?

Dependendo das respostas para esses questionamentos, é bem provável que você precise repensar a forma com que seu negócio está atuando em relação a capacidade de produzir e gerar resultados positivos.

Mas, afinal, o que é capacidade produtiva? É a quantidade máxima de produtos e serviços que o negócio é capaz de produzir em determinado tempo.

Indústrias por exemplo medem sua capacidade produtiva pela quantidade de bens fabricados, já o comércio, pelo número total de vendas realizadas.

Ou seja, para cada tipo de empreendimento existe um nível máximo de produção que gere retorno.

Acompanhe os próximos tópicos para saber como melhorar o desempenho da sua empresa.

O que é a capacidade produtiva de uma empresa?

Independente de qual seja o ramo de atuação da sua empresa, sua capacidade produtiva deve ser medida de acordo com o potencial máximo de produção do seu negócio.

Vejamos uma montadora de carros, por exemplo, quando o mercado está em queda normalmente a estratégia que é adotada é reduzir a capacidade de produção através de folgas, redução de jornada de trabalho e em certos casos utilizando-se de programas de demissão em massa.

Porém, quando o mercado está em alta, aumentam-se os turnos de trabalho, contratam mais gente e mantém as fábricas em funcionamento 24 horas por dia.

O que queremos te informar com isso é que para se ter plena certeza da capacidade produtiva do seu negócio, é necessário definir a melhor forma de medi-la.

E basicamente tudo depende do seu produto final.

Qual a importância de conhecer a sua capacidade produtiva?

Conhecer a capacidade produtiva do seu negócio é fundamental para melhorar a gestão e consequentemente traz diversos benefícios como:

  • Auxílio nas tomadas de decisões;
  • Mantém os níveis ideais de estoque, o que torna possível realizar uma ótima gestão dos materiais;
  • Melhora a rotina e a produtividade da equipe;
  • Equilibra o planejamento entre os setores comercial, financeiro e produtivo;
  • Define metas assertivas para o setor de vendas e produção.

Portanto, se sua equipe possuir uma capacidade produtiva determinada, além de conseguir entender o funcionamento do seu próprio negócio, conseguirá atender melhor os seus clientes e assim potencializar seus lucros.

Mas, lembre-se: nem sempre produzir mais é sinônimo de sucesso.

Pois, se não tiver como escoar as vendas, acabará com um estoque em excesso e encalhado, que gera custo e prende o capital da sua organização.

Como mensurar a capacidade produtiva da sua empresa?

Existem formas diferentes para analisar e determinar qual é a capacidade da produção de uma empresa.

Abaixo iremos listar os métodos mais utilizados nas organizações nos dias atuais. Confira:

Capacidade produtiva instalada

Nesse método sua empresa deve determinar qual é a sua capacidade máxima de produção, desconsiderando perdas, paradas ou outro tipo de problema.

Capacidade produtiva disponível

A capacidade produtiva disponível é similar a anterior, a diferença é que nesse caso, só deve ser considerado a capacidade realmente disponível atualmente na empresa.

Assim, caso você queira aumentar a capacidade produtiva seria necessário ou contratar mais funcionários, ou adquirir novas máquinas.

Capacidade produtiva efetiva

Nesse caso é levado em conta um planejamento de perdas previsíveis, como, por exemplo, manutenções, setup, troca de colaboradores, amostragem, etc.

O estoque de produtos é aliado da sua capacidade produtiva

Uma das formas de fazer o controle da capacidade produtiva do seu empreendimento é observando seu estoque.

Assim, se seu estoque está cheio de produtos parados isso é um sinal de que o mercado provavelmente não está propiciando bons negócios.

E obviamente isto lhe exigirá fazer uma análise de forma estratégica para entender o que está acontecendo e quais medidas devem ser tomadas para resolver esse pormenor.

Como a demanda ajuda no controle produtivo?

Outra forma de entender o controle da capacidade de produção de uma empresa é através da demanda. Ou seja, conforme chegam os pedidos você vai produzindo.

Essa é uma prática muito adotada pelas empresas, mas é preciso ficar atento para não acabar ficando com uma estrutura ociosa.

Uma casa de shows, por exemplo, com capacidade para 500 pessoas e que só está conseguindo colocar 300 por espetáculo está perdendo sua capacidade produtiva e consequentemente deve estar tendo prejuízos, pois, a manutenção da estrutura continua sendo a mesma.

Outra coisa muito importante e que você precisa considerar é: tenha sempre funcionários produtivos. Uma mão de obra que não se limita faz com que o crescimento aconteça.

Como aumentar a capacidade produtiva da sua empresa?

Até aqui já deu para você entender um pouco mais sobre capacidade de produção.

Que tal vermos algumas dicas de como você poderá aumentar a produtividade do seu negócio? Confira abaixo:

1. Contrate pessoas certas para os lugares certos

Se você possui uma equipe de alta performance, além de trazer mais resultados positivos irá contribuir para um ambiente de trabalho de excelente qualidade.

Para isso é necessário que a gestão de pessoas esteja em completo alinhamento com os objetivos estratégicos do negócio, para que se façam recrutamentos, seleções e treinamentos eficientes e capazes de capacitar os colaboradores e potencializarem suas habilidades.

2. Tenha um excelente controle de estoque

Vimos que o estoque tem uma importância imensa e influencia bastante na capacidade produtiva da empresa.

Por isso, é importante manter o estoque enxuto, com a quantidade que permita continuar vendendo com qualidade, em consonância com a lucratividade do negócio.

Uma boa forma de melhorar e ajudar nesse processo é com a aquisição de sistemas de gestão de estoque que ajudam a dimensionar o armazenamento e a distribuição.

3. Faça uso da tecnologia

Otimizar os processos é excelente para aumentar a produtividade, tornando-os mais ágeis e eficientes.

E a implementação de tecnologias além de conseguir esses resultados elimina o trabalho burocrático desnecessário.

Existem no mercado softwares que confrontam dados de vendas, compras, movimentação, de mercadorias e até mensuram as tendências do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *