fbpx
marketing jurídico

Marketing na advocacia: conheça as alternativas.

O marketing tem papel crucial para o sucesso de qualquer negócio, inclusive nos ramos mais tradicionais como engenharia, medicina e advocacia.

Pois, com a mudança constante nos hábitos de consumo e nas nossas relações com as pessoas, passou a fazer mais sentido ter em mente que para o sucesso do seu negócio é de fato necessário investir em marketing.

Porém, no caso do marketing jurídico, é preciso ainda mais atenção para que as ações que sejam tomadas não se opunham ao código de ética estabelecido pela OAB.

Nesse artigo, você vai entender tudo que precisa para realizar uma estratégia assertiva, e quais erros não cometer.

Qual a importância do Marketing Jurídico?

Não se engane, existe muita gente que ainda tem dúvidas a cerca da eficácia do marketing jurídico como uma estratégia de fato imprescindível para o sucesso.

Isso se deve ao fato de que a esfera advocatícia é uma das áreas mais tradicionais e prestigiadas que existem, e claro, não faltam clientes procurando por ajuda legal nos diversos campos jurídicos.

E é pensando nisso que iremos mostrar para você os benefícios que colocam em relevância a atuação do marketing jurídico. Veja esses três motivos e coloque-os em prática no seu escritório.

Competitividade no mercado

No atual cenário, os consumidores antes de adquirirem qualquer produto ou serviço buscam fazer uma pesquisa ampla para encontrar quem possa fornecer o que eles necessitam de forma segura e confiável.

E nos serviços de advocacia isso não é diferente. Portanto, somado há acirrada competição do mercado, se faz necessário encontrar meios de se destacar.

E o marketing jurídico é a estratégia perfeita para isso, pois tem como principal objetivo criar uma excelente reputação do advogado ou escritório, no mercado. E isso com certeza resultará em vantagem para atrair clientes.

Foco no exercício da profissão

Quando você investe em marketing jurídico, tanto você quanto os componentes do escritório ficam livres para se preocuparem apenas no exercício da profissão, em vez de se preocuparem com a quantidade de clientes que chega.

Por isso, é importante contar com a ajuda de profissionais capacitados na área de marketing para obter resultados rápidos e precisos, através de estratégias designadas por eles.

AUTORIDADE NO MEIO – Quando você aplica o marketing jurídico de maneira eficaz, certamente isso lhe trará notoriedade. Para isso são necessários um conjunto de ações que irão fortalecer a sua credibilidade tanto com possíveis clientes, bem como com o próprio meio jurídico.

4 passos para ter sucesso no Marketing Jurídico

Para que sua estratégia corresponda de forma positiva, listamos aqui 4 princípios que regem o marketing jurídico para que você possa pôr em prática.

1. Conteúdo relevante

É imprescindível que o seu conteúdo seja direcionado. Para isso é importante que você fale de forma coerente sobre os temas que o seu escritório atua, em vez de tentar falar de tudo relacionado a área do direito.

É de suma importância que você seja claro na comunicação, dando explicações simples e bem objetivas, isso irá motivar as pessoas a continuarem consumindo tudo que você produz.

2. Fique atento ao visual dos seus materiais

O aspecto visual é de extrema importância para você e seu escritório de advocacia. Desde a logomarca até mesmo o material de correspondência, tudo deve ser muito bem pensado para causar uma ótima impressão.

Não deixe que sua marca passe a ideia de que não foi bem construída e elaborada, pois correrá o risco de o cliente achar que isso pode acontecer com o caso dele. Portanto, capriche no logotipo, no site, no blog, no cartão de visitas, na papelaria, nas redes sociais e claro no seu próprio visual.

3. Esteja acessível

Otimize seus canais de comunicação, tornando a tarefa fácil para as pessoas entrarem em contato com você ou seu escritório. É muito importante que o contato inicial seja respondido de forma rápida, por e-mail, telefone, mensagem de texto ou por alguma rede social.

Se precisar, contrate alguém que fique responsável para realizar essa função e também fazer uma triagem dos clientes que chegarão até você ou seu escritório.

4. Mantenha bons relacionamentos

Essa é uma prática indispensável em qualquer negócio, e no marketing jurídico também não é diferente. Portanto, quando estiver com um possível cliente, dê total atenção ao que de fato ele precisa. Se mostre sempre acessível e preocupado, pois é nesse momento de contato pessoal que ele irá decidir se irá contratar ou não seus serviços.

Quais são as limitações legais do Marketing Jurídico?

A OAB tem uma regulamentação para a prática do marketing jurídico, e assim estabelece um conjunto de regras que limitam a divulgação em torno dos serviços legais.

O intuito é preservar a dignidade da sua profissão e garantir que a credibilidade do serviço seja mantida. Veja as limitações que você deve respeitar:

Anúncios

Essa possibilidade não é permitida, pois, tornaria a competição injusta, uma vez que isso beneficiaria os grandes escritórios que teriam mais condições de investimento maciço em publicidade, nos veículos de maior alcance.

Promoção de serviços em eventos de outras áreas

Sabemos que eventos são excelentes oportunidades de gerar novos negócios e assim garantir um aumento significativo de clientes. Porém, em eventos que não fazem parte da área jurídica, não é permitido promover serviços advocatícios.

Uso de expressões comuns de atividades comerciais

Expressões muito comuns usadas em técnicas de venda de varejo, são proibidas de serem usadas no marketing jurídico. Expressões do tipo: “Não perca essa oportunidade”, “Ligue agora” ou “Venha conferir.

De acordo com as normas da OAB, elas ferem a sobriedade que cerca a profissão, por se tratar de assunto tão sério quanto a representação dos direitos legais de pessoas e entidades.

Divulgação de preços

Não é permitido divulgar preço de serviços e honorários, é preciso que seja passado pessoalmente, pois esse tipo de prática facilmente banaliza a profissão e cria uma guerra de preços entre os profissionais.

O ideal é se pautar na sua credibilidade e autoridade para cuidar dos casos com seriedade e conhecimento da lei.

Ofertar consultas ou serviços gratuitos pelo site

Essa também é uma opção que foge aos padrões éticos da OAB, e não pode ser realizada. Entretanto, você pode oferecer pelo site conteúdos gratuitos que respondam dúvidas mais comuns e incentivar os visitantes a entrarem em contato para obter mais informações.

Uso de fotografias de prédios e tribunais

Para manter a neutralidade dos tribunais longe de qualquer questionamento é proibido que se use fotos em material promocional seu ou de seu escritório. Pois, isso, poderia confundir o público, podendo chegar a pensar que há alguma ligação ou parceria com tais órgãos.

4 dicas bônus

Essas são dicas que você pode praticar para conquistar mais clientes e fortalecer seu nome no mercado:

  • Adote o marketing de conteúdo;
  • Participe de canais jurídicos na internet;
  • Faça uso de anúncios online;
  • Participe de eventos jurídicos.

Agora que você já sabe o que precisa sobre marketing jurídico, aproveite para colocar em prática e conquistar o mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp whatsapp