objetivos e resultados chaves

Metodologia OKR: Tudo o que você precisa saber

Os OKR (Objectives and Key Results) podem ajudar sua organização a gerar maiores resultados e um maior engajamento dos seus colaboradores através da simplicidade e flexibilidade.

Quer saber como? Continue a leitura e aprenda como funciona a metodologia e como você pode implementá-la em sua empresa!

O que é o OKR?

Os objetivos e resultados chave se tratam de uma metodologia introduzida inicialmente por Andy Grove, co-founder da Intel, e popularmente difundida por Jon Doerr e seu uso no Google. 

Sua base gira totalmente no planejamento de metas e funciona como um sistema que lista as atividades em que vai ser feito e como vai ser feito.

Diferentemente de outras metodologias, a ideia dos OKR é realmente ser um processo simples e ágil para que todos entendam e se sintam animados a alcançá-los, integrando as equipes por meio de objetivos alinhados.

De forma simplificada, os OKR são um conjunto de objetivos que estão relacionados e que contribuem para o atingimento dos objetivos macro da organização, seja de forma individual ou de forma coletiva. 

Para garantir que isso ocorra, os colaboradores devem possuir acesso de forma clara a suas metas e devem saber também como alcançá-las, minimizando assim possíveis esforços desnecessários.

Como ela funciona?

O nome da metodologia representa exatamente a forma que ela funciona e se complementam.

Objectives

Os objetivos são a representação de onde a empresa quer chegar. Eles dão nome ao que a empresa busca alcançar e precisam ser curtos, inspiradores e tangíveis. A ideia deles é engajar a empresa na missão a ser conquistada, servir de estímulo.

Além disso, sua principal função é a de comunicar e eles devem possuir prazo de conclusão e responsáveis, e é importante que a equipe participe de sua criação.

Uma boa dica é que eles sejam criados a partir de palavras que incitem as pessoas de forma clara, como aumentar, criar, gerar, etc.

Alguns exemplos são:

  • Objetivo 1: Engajar doações através de plataforma online;
  • Objetivo 2: Ter uma base excelente de leads;
  • Objetivo 3: Garantir a sustentabilidade financeira da empresa.

Após a definição dos objetivos, é hora de determinar quais serão os Key Results.

Key Results

Os Key Results são essenciais para o alcance dos objetivos propostos, afinal, é necessário um maior desdobramento das ações para que tudo se concretize.

Em geral, se tratam de um conjunto de métricas que irão determinar o quão perto a empresa está de atingir os objetivos propostos, elencadas de forma quantitativas e mensuráveis

Basicamente funcionam como objetivos menores e em números que ajudam a garantir o resultado final.

Para que você entenda melhor, vamos usar os objetivos elencados anteriormente de forma desdobrada. Acompanhe:

Objetivo 1: Engajar doações através de plataforma online.

  • KR #1: Aumentar as visitas a página em 30%;
  • KR #2: Aumentar as doações feitas no site em 15%;
  • KR #3: Diminuir a taxa de rejeição do site para 25%.

Objetivo 2: Ter uma base excelente de leads.

  • KR #1: Ter 5 parcerias para link building;
  • KR #2: Aumentar visitas mensais da webpage em 30%;
  • KR #3: Atingir 2000 Leads a partir de Busca Paga.

Objetivo 3: Garantir a sustentabilidade financeira da empresa.

  • KR #1: Aumentar o faturamento em 20%;
  • KR #2: Reduzir custos operacionais em 20%;
  • KR #3: Reduzir custos em contratação em 10%.

Cada um desses KRs possuem o poder de mensurar de forma confiável se o atingimento do objetivo está sendo alcançado, e o ideal é que seja estabelecido de dois a cinco para cada um dos objetivos, aumentando assim a apuração.

Como aplicar a metodologia na sua empresa?

1. Defina bem as suas metas

Para deixar todos os colaboradores alinhados com a proposta e motivados com o alcance dos resultados, é importante que sejam definidas metas claras e específicas, e que realmente sejam possíveis de serem atingidas.

2. Priorize os objetivos por relevância

Após a definição das metas, é importante estabelecer de dois a cinco KRs (resultados chave), dividindo assim o trabalho em tarefas menores e que possam ser monitoradas quantitativamente e que motivem os colaboradores a desempenharem bem seus papéis para garantir o atingimento.

3. Estabeleça bem os prazos

Essa etapa requer bastante atenção. É importante que os prazos sejam definidos com muito cuidado para que ele não seja nem muito longo, nem muito curto, e que lembre-se que as pessoas são imediatistas, ou seja, possuem dificuldades em trabalhar em ações que só irão ocorrer daqui a dois anos, por exemplo.

Saber dosar esses prazos é fundamental para não desmotivação devido ao estresse da equipe em atender prazos curtos ou gerar improdutividade em prazos longos.

4. Divida bem as tarefas

Não adianta passar uma tarefa para alguém que não possui conhecimentos para realizá-la, não é mesmo?! Por isso, é importante que elas sejam definidas de acordo com as aptidões de cada membro de sua equipe, garantindo assim um melhor desenvolvimento.

5. Acompanhe os resultados de forma constante

O acompanhamento dos resultados obtidos deve ser realizado de forma contínua para garantir a consistência do trabalho. Além disso, isso possibilita que sejam realizadas correções e ajustes necessários nos processos.

6. Compartilhe os OKRs com todos os colaboradores

Para garantir que a implantação da metodologia seja bem sucedida, é importante que todas as informações sejam compartilhadas com os colaboradores. Transparência é a chave da implementação, e mantê-los por dentro das estratégias os farão sentir-se importantes e inseridos no negócio.

Ao seguir esses passos e instaurar a metodologia OKR em sua empresa, você estará criando na sua empresa uma cultura de mensuração de resultados e otimizando seu modelo de gestão!

Precisa de ajuda para implementar em sua empresa? Entre em contato conosco! Nós da Apoio Consultoria podemos te ajudar a alcançar suas metas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *